sexta-feira, 26 de junho de 2009

A MULHER ADÚLTERA

" DISSE YESHUA:NEM EU TAMPOUCO TE CONDENO;VAI E NÃO PEQUES MAIS."

No meio da multidão que se reunira para ouvir a Yeshua,ela foi atirada.Descalça,o cabelo molhado pelo suor que fizera pelo esforço.Os dentes cerrados;as narinas dilatadas numa respiração aflitiva.arrancada da privacidade de um abraço roubado e lançada à vergonha pública.
Chegara seu fim.Seu destino sempre ligado ao dos homens.Das mãos deles havia recebido o seu pão.E agora,pedras.
Todos a olhavam com ódio,menos Yeshua.
_Mestre esta mulher foi pega em adultério e pela lei devemos apedrejá-la!
Yeshua se abaixa e concentra-se em pensamentos.O silêncio era impressionante.Com os dedos ele escreve na areia .Yeshua levanta-se.Todos os olhos fixam-se nele,e ele responde: "Aquele que dentre vós está sem pecado,seja o primeiro a lhe atirar uma pedra.
Uma a uma das pedras caíram ao chão.E um a um ,afastou-se dali.
Yeshua enfrentara todos por ela.Ela era a vitória dele.Esta mulher,levanta-se novamente,desta vez para ser livre.
Yeshua lhe diz:Ninguém te condenou?Ninguém Senhor! ...Ele respirou fundo e num sorriso me diz "vai,você está livre"!

O sentimento de culpa é um fardo que carregamos por causa do pecado.E o pecado se manifesta através dos pensamentos,atitudes e sentimentos do coração do homem.O pecado nos separa de D'us,trazendo assim,condenação de morte a nossa vida,pois a palavra nos diz que "o salário do pecado é a morte".
Para o Senhor ,não depende da dimensão do nosso pecado,à partir do momento em que agimos numa atitude pecaminosa,já estamos ferindo o coração do Pai.Quando andamos numa vida contrária aos preceitos do Senhor,somos expostos à verdade e condenação do mundo.Entretanto,Yeshua diz "aquele que não tem pecado,atire a primeira pedra!...Então somos acusados pela própria consciência de que também somos todos pecadores;porém não devemos viver na prática do pecado.
O Senhor é aquele que perdoa-nos divinamente,gratuitamente e ele nos convida nesta hora,a abandonar o pecado, seja qual for.
Lancemo-nos aos pés da cruz de Yeshua.Somente assim,nos sentiremos mais leves da culpa,e então poderemos olhar nos olhos de Yeshua,contemplar o seu amor e ouví-lo, respondendo a sua pergunta:Onde estão aqueles teus acusadores? Não há ninguém Senhor!...E Yeshua nos dirá:Nem tampouco te condeno;vai e não peques mais.

Emily Assunção

Um comentário:

  1. os acusadores eram a lei
    mas Yeshua foi a maravilhosa graca na vida desta mulher

    ResponderExcluir